10/09/2021 11h43min - Geral
2 semanas atrás

Aos 5 anos, menino emociona ao tentar ajudar Bombeiros para salvar sua casa.

Davi usou balde de alumínio para oferecer ajuda à equipe, com intuito de salvar também a natureza ao seu redor.

TCHÊ PRODUÇÕES.  ► Menininho Davi ao lado do cabo Cavalcante.

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Campo Grande News


Nas redes sociais a foto já emociona de cara, mas para quem estava de plantão no combate a um incêndio na última quinta-feira (9), na região da colônia São Domingos, no Pantanal da região de Corumbá, ficou com o coração ainda mais apertado de emoção quando um menininho de cinco anos, segurando um balde de alumínio, pediu aos Bombeiros Militares para ajudar no combate. O objetivo: salvar sua casa e os animais.

Conforme o Corpo de Bombeiros, equipe com 10 militares estava na região desde o dia 30 de agosto contendo focos de incêndio, que atingiram aproximadamente 3,8 mil hectares da região. Uma viatura e duas aeronaves foram utilizadas no combate.

Segundo tenente-Coronel Marzolla, de 40 anos, comandante da operação Hefesto, que há 18 anos atua nos Bombeiros, o momento ocorreu quando o fogo chegava próximo a casa do menininho. “Ele falou para os pais que queria ajudar os bombeiros, e que o sonho dele era ajudar a salvar a natureza e os animais”, descreve.

Para quem vive situações de risco diariamente e combate fogo que destrói não só a natureza como patrimônios, a situação emociona e traz um sentimento de renovação. “Para gente é motivo de satisfação, numa situação que exige tanto esforço e dedicação dos Bombeiros, ter essa demonstração de apreço de uma criança renova as novas forças para seguir no combate e cumprir a árdua missão de vidas alheias, natureza e riquezas salvar”, comentou o tenente em nota.

Os Bombeiros seguem monitorando as regiões para combater focos de incêndio e segundo assessoria, a chuva das últimas 24 horas eliminou parte dos focos de incêndio no Pantanal, em Corumbá, no entanto, as atividades continuam na região do Nabileque, que já teve uma área de queimada de 374 quilômetros.

CAMPO GRANDE NEWS