19/02/2015 14h42min - Geral
7 anos atrás

Cinco suplentes aqui em Naviraí são convocados e assumem na segunda-feira

convocados

arquivo ► Vereador Dito acatou a notificação do juiz Paulo Cavassa

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Sul News


Em sessão ordinária realizada agora pela manhã desta quinta, na Câmara Municipal foram convocados os suplentes de vereador Claudio César Paulino da Silva (Fi da Paiol - PTdoB), Alexandre Orion (Goodman - PSDB), Manoel Messias (PTdoB), Márcio Albino (PMDB) e Josias de Carvalho (PT). Os cinco convocados foram convocados pelo presidente interino do parlamento municipal - Benedito Missias (PR). Eles assumem suas cadeiras e cargos de vereadores em substituição aos vereadores Moacir Andrade (PTdoB), José Odair Galo (PDT), Mário Gomes (Pros), José Roberto Alves (PMDB) e Josias de Carvalho (PT). Segundo o site Sulnews, a Assessoria Jurídica da Câmara Municipal de Naviraí já havia recebido a notificação do juiz da Vara Criminal da Comarca de Naviraí - Paulo Roberto cavassa, para que houvesse o afastamento dos cinco vereadores, agora incluídos como objetos de investigação nos processos de corrupção inseridos na Operação Atenas, desenvolvida em conjunto pelo Ministério Público Estadual (MPE) e pela Polícia Federal. Os vereadores fizeram a sessão ordinária adiada de segunda-feira passada, na qual foi lido o comunicado do juiz e a convocação dos suplementes, para que sejam em possados na sessão ordinária de segunda-feira 23. Na presidência interina foi efetivado o vereador Benedito Missias (PR), que deverá escolhe três membros e deve fazer as nomeações para a composição da Mesa Diretora. O vereador mais velho, Deoclécio Zeni (PSDB), está impedido de assumira presidência, pois é suplente e a se na sessão de julgamento não haver a cassação do vereador Elias Alves (Pros), ele deixa o cargo de vereador. Na sessão de julgamento, a ser marcada para acontecer entre os dias 23 de fevereiro e seis de março (provavelmente aconteça no dia 26, devem ser julgados Elias, Gean Carlos Volpato (PMDB) e Vanderlei Chagas (PR). Hoje é o segundo dia do prazo de cinco para que apresentem a defesa (alegações finais poderão ser apresentadas até segunda-feira, pois o prazo terminaria no domingo). Os cinco vereadores (Moacir, Jaime Dutra, Galo, José Roberto Alves e Mário Gomes) foram denunciados pelo Ministério Público Estadual (MPE) pelo crime de Organização Criminosa. Além da suspensão, os cinco vereadores estão proibidos de se aproximar num raio de 200 metros da Câmara Municipal. Com a decisão, o Poder Judiciário da Comarca de Naviraí acabou por afastar cautelarmente todos os 13 vereadores eleitos no pleito de 2012. Todos os vereadores foram transformados em réus após a Operação Atenas, desencadeada pela Polícia Federal juntamente com o Mistério Público no dia oito de outubro de 2014. SEM PRESIDENTE Como houve o afastamento dos vereadores, a Câmara Municipal de Naviraí fica sem presidente e a eleição terá que ser convocada, já que o presidente eleito - Elias Alves está afastado e Moacir Andrade, presidente provisório já está afastado. Por isto, uma reunião formal foi promovida a interinidade da presidência, colocada nas mãos de Benedito Missias. Nos bastidores da Câmara Municipal já se fala nas possíveis renúncias dos vereadores José Odair Galo e José Roberto Alves. Nenhum dos dois confirmaram esta hipótese, mas o vereador Antônio Carlos Klein (PDT) já aconselhou Galo a renunciar, em duas reuniões feitas entre os dois, nas últimas 48 horas. Uma nova eleição deve acontecer, em março, para haver a escolha da nova Mesa Diretora da Câmara Municipal, cujo cargo de presidente já tem dois candidatos - Márcio Scalassara (PSDC) e Luis Alberto Ávila da Silva Júnior (PT). sulnews