17/12/2020 09h10min - Saúde
5 meses atrás

Com 1.981 novos casos em 24h e aumento nas internações, MS eleva taxa de ocupação de leitos

Estado de MS atinge alto nível de ocupação em leitos de hospitais

Divulgação ► Sobe o número de casos e aumento de internações devido ao Covid-19

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Em Mato Grosso do Sul, 1.981 exames deram positivos para coronavírus em apenas 24 horas, com isso, o Estado contabiliza 116.612 confirmações da doença desde o início da pandemia. É o que mostra o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, de quarta-feira (16).

Em um dia, foram registradas onze mortes pela doença, somando 1.978 óbitos por coronavírus no Estado. Dos últimos óbitos, cinco foram de residentes de Campo Grande, um de Ponta Porã, um de Amambai, um de Antônio João, um de Rio Verde de Mato Grosso, um de São Gabriel do Oeste e um de Maracaju, sendo seis homens e cinco mulheres, com idades entre 35 e 91 anos, com apenas três casos sem nenhuma comorbidade relatada.

Estão em tratamento da doença, 647 pessoas internadas, sendo 345 em leitos clínicos (198 pelo SUS e 147 na rede privada) e, em estado mais grave, 302 em leitos de UTI (210 pelo SUS e 92 na rede privada). Até o momento, 14.329 pessoas estão em isolamento domiciliar e 99.658 pessoas estão recuperadas.

A situação do aumento de internações em UTI compromete a disponibilidade de leitos no Estado. Na macrorregião de Campo Grande, a taca de ocupação de leitos SUS para Covid-19 é de 108%, considerando que os 8% acima da capacidade representam pacientes em leitos de covid ainda não habilitados pelo SUS, mantidos pelas secretarias municipais e estadual de saúde.

Segundo o boletim epidemiológico da SES, em Dourados a taxa de ocupação é de 87%, em Três Lagoas, de 81% e em Corumbá, de 75%.

Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul