12/09/2018 - 08h41min

Márcio Monteiro e Zé Teixeira tem prisão decretada; agentes da PF fazem busca em casa de Azambuja

[ FOTO: Valdenir Rezende ] Buscas foram realizadas na casa do governador Reinaldo Azambuja

Operação da Polícia Federal que combate esquema de pagamento de propina e corrução envolvendo a cúpula do governo e a JBS, têm, entre seus alvos, o deputado estadual Zé Teixeira (DEM), o conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul, ex-deputado federal e ex-secretário de fazenda, Márcio Monteiro, além do agropecuarista de Maracaju, Élvio Rodrigues.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) não está entre os presos, mas foi alvo de mandado de busca e apreensão em sua residência e no parque dos poderes.

As investigações tiveram início neste ano, e tiveram como ponto de partida delação de empresários do grupo JBS. A ação envolve 220 policiais federais que cumprem 220 mandados de busca e apreensão, 14 de mandados de prisão temporária em Campo Grande, Aquidauana, Dourados, Maracaju, Guia Lopes da Laguna e na cidade de Trairão (PA). Os mandados foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A investigação da PF apontou que até 30% dos créditos tributários (incentivos fiscais ao grupo JBS) eram revertidos em proveito do grupo, que os policiais federais chamam de “organização criminosa”. Pelo menos R$ 200 milhões em isenções de impostos são alvos da operação.

Dinheiro em espécie e doação eleitoral

As propinas foram pagas por meio de doação eleitoral para a campanha de 2015, e também em espécie, nas cidades de São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ), em 2015.

Elvio Rodrigues, seria o o alvo da operação que emitia “notas frias” para “esquentar” a propina repassada pela JBS ao grupo. Élvio é o mesmo produtor rural que, neste ano, teve autorizada pela Justiça a devastação de mais de 20 mil hectares de mata nativa do Pantanal, na Fazenda Santa Mônica. Na ocasião, o governo valeu-se da Procuradoria Geral do Estado para atuar em processo raro, em favor de Rodrigues.

Deputado e conselheiro

Márcio Monteiro, atualmente conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul, ex-deputado federal pelo PSDB, e secretário de Fazenda durante quase toda gestão Azambuja, é um dos alvos de mandado de prisão, por envolvimento no esquema de propina. O deputado estadual Zé Teixeira, é outro alvo, e já está preso.

Operação paralela

No bojo da ação de hoje, foram cumpridos, ainda, três mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Estadual do Mato Grosso do Sul, no interesse da Promotoria do Patrimônio, cujo objeto vincula-se aos fatos investigados pela Polícia Federal.


Correio do Estado


Fonte: Assessoria de Imprensa
TAGs: Policia Federal operação Vostok Reinaldo Azambuja Campo Grande Aquidauana Dourados Maracaju Guia Lopes de Laguna Trairão Pará TCE Jornal Correio do Sul Zé Teixeira Marcio Monteiro Élvio Rodrigues STJ Mato Grosso do Sul
Editoria: Geral



Nossas Editorias

· Educação
· Especiais
· Esporte
· Geral
· Naviraí
· Polícia
· Política
· Região
Jornal Correio do Sul TV
Editor: Odilo Balta

E-mail: jornalcorreiodosul@terra.com.br
Endereço: Av. Nelsi G. Simas,
Naviraí - MS - Brasil

+55 67 9974-9649


Online desde 01/07/2007
Desenvolvido por
ANSIM