20/11/2018 - 19h05min

Cubanos no Mais Médicos parecia ‘convênio entre Cuba e PT’, diz Mandetta

[ FOTO: G1 ] Mandetta foi anunciado hoje como w já falou sobre o Mais Médicos

Em entrevista logo depois de ser anunciado futuro ministro da Saúde de Jair Bolsonaro (PSL), Luiz Henrique Mandetta (DEM) afirmou que o Mais Médicos no modelo como está em vigência no Brasil se assemelha a um “convênio entre Cuba e PT”.

O presidente eleito anunciou Mandetta como futuro ministro no início da tarde desta terça-feira (20), depois de se reunir com parlamentares que integram a comissão de saúde da Câmara.

O deputado federal de Mato Grosso do Sul falou com jornalistas em Brasília, onde está Bolsonaro nesta terça. O futuro ministro criticou o formato do programa Mais Médicos colocada em prática no Governo Dilma Rousseff (PT).

“Esse era um dos riscos de se fazer um convênio e terceirizando uma mão de obra tão essencial. Os critérios, à época, me parecem que eram muito mais um convênio entre Cuba e o PT, e não entre Cuba e o Brasil, porque não houve uma tratativa bilateral, mas, sim, uma ruptura unilateral”, afirmou o novo ministro.

Mandetta afirmou, ainda, que o risco do programa já era alertado ao então Governo. “Era um risco que a gente já alertava no início. Nós precisamos de políticas que sejam sustentáveis, a improvisações em saúde costumam terminar mal e essa não foi diferente das outras”, completou o novo ministro.

midiamax


Fonte: Midiamax News
TAGs: Ministro Mandetta deputado Federal Mandatta Médicos Cubanos
Editoria: Geral



Nossas Editorias

· Educação
· Especiais
· Esporte
· Geral
· Naviraí
· Polícia
· Política
· Região
Jornal Correio do Sul TV
Editor: Odilo Balta

E-mail: jornalcorreiodosul@terra.com.br
Endereço: Av. Nelsi G. Simas,
Naviraí - MS - Brasil

+55 67 9974-9649


Online desde 01/07/2007
Desenvolvido por
ANSIM