26/04/2019 - 08h56min

Polícia apreende cartões de índios retidos por comerciantes

[ FOTO: Divulgação ] Caixas com documentos e cartões de banco apreendidos em empresa de cesta básica, em Dourados

Ontem, a Polícia Civil desencadeou a Operação Livre Arbítrio em dois municípios da região sul de Mato Grosso do Sul para combater a exploração praticada por comerciantes contra comunidades indígenas. Seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Caarapó e um em Dourados.

O objetivo é desmantelar o esquema envolvendo venda de alimentos com preços abusivos e retenção de cartões bancários e documentos pessoais. A medida é ilegal e obriga os índios a comprarem sempre no mesmo estabelecimento, muitas vezes pagando preços bem acima do valor de mercado.

Pelo menos cem cartões e dezenas de documentos, inclusive carteiras de trabalho, RGs e CPFs foram apreendidos. Os seis comerciantes levados para as delegacias nas duas cidades poderão responder por retenção dos cartões, furto, estelionato e apropriação indébita.

A operação é coordenada pelo delegado Anezio Rosa, de Caarapó. Em Dourados, as buscas foram feitas pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais) na empresa Cesta Básica do Tetê.

DOURADOS

Na sede da empresa Cesta Básica do Tetê, em Dourados, a equipe do SIG comandada pelo delegado Rodolfo Daltro apreendeu várias caixas de documentos, onde estavam fichas, promissórias e cartões de banco separados por município. A empresa fornece cesta básica para índios de Dourados, Laguna Carapã, Caarapó e Amambai.

O dono da empresa, Marciel Ribeiro Quintas, e funcionários foram levados para a delegacia para depoimento e assinar um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência), já que o crime de retenção de cartão de idosos prevê pena de até dois anos.

Entretanto, na delegacia os policiais descobriram um mandado de prisão contra Marciel por porte ilegal de arma de fogo e ele vai ficar preso.

Ao Campo Grande News, o delegado Anezio Rosa disse que foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão em estabelecimentos comerciais de Dourados e Caarapó para investigar o crime de retenção de cartões do benefício previdenciário, especialmente de idosos indígenas.


Sul News


Fonte: Assessoria de Imprensa
TAGs: Polícia Civil Operação Livre Arbítrio Mato Grosso do Sul comunidades indígenas indígenas Dourados Caarapó Jornal Correio do Sul
Editoria: Geral



Nossas Editorias

· Educação
· Especiais
· Esporte
· Geral
· Naviraí
· Polícia
· Política
· Região
Jornal Correio do Sul TV
Editor: Odilo Balta

E-mail: jornalcorreiodosul@terra.com.br
Endereço: Av. Nelsi G. Simas,
Naviraí - MS - Brasil

+55 67 9974-9649


Online desde 01/07/2007
Desenvolvido por
ANSIM