24/05/2020 08h46min - Naviraí
5 meses atrás

Naviraí terá cinco leitos de UTI para pacientes do Covid-19.

Naviraí terá cinco leitos de UTI .

Sul News. ► Naviraí terá cinco leitos de UTI para pacientes do Covid-19.

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


O município de Naviraí vai implantar cinco leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados exclusivamente a pacientes da Covid-19 que vierem a necessitar de respiração artificial.

Para tanto, a Secretaria de Estado de Saúde viabilizou a doação de dois kits de ventiladores pulmonares, oriundos do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, que serão encaminhados àquela cidade.

Naviraí está viabilizando mais três conjuntos de UTI’s, a fim de completar a estrutura necessária para conquistar a habilitação dos leitos junto ao Ministério da Saúde, ação que é feita com o apoio do Governo do Estado, por meio da SES.

O prefeito de Naviraí, Izauri Macedo (DEM), disse que com um alinhamento com o Governo do Estado, o Município está em processo de compra de alguns equipamentos para a instalação das UTI’s. “Até o início de junho estaremos com tudo isso organizado”, garantiu.

“Só temos a agradecer ao secretário Geraldo Resende e ao governador Reinaldo Azambuja por mais essa conquista para a saúde de Naviraí e região”.

Com a instalação dessa estrutura, Naviraí passa a ser referência da Covid-19 para toda a microrregião, composta pelos municípios de Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã, Juti, Mundo Novo e Naviraí. “Com a instalação de leitos de UTI também em Jardim, vamos contemplar as onze microrregiões de estrutura para atender pacientes com Covid-19 em Mato Grosso do Sul”, salienta o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende. “Isso é mais uma conquista que obtemos em parceria de todos os prefeitos e prefeitas, secretários e secretárias de Saúde de nosso Estado”.

De acordo com o secretário, Mato Grosso do Sul está completando o quadro com 214 leitos de UTI’s a mais, o que representa 43% de acréscimo em relação aos leitos de UTI existentes.

“Se a doença chegar forte em Mato Grosso do Sul, não vamos deixar ninguém, de qualquer região do Estado, sem atendimento, quer seja em leitos clínicos, quer seja em leitos de UTI, conforme nos determinou o governador Reinaldo Azambuja. Nossa missão é salvar vidas, que é nosso maior patrimônio”.

 

CUSTEIO

O custeio das UTI’s Covid-19 é feito por meio de uma parceria entre o Governo do Estado e o Ministério da Saúde. Tão logo ocorre a habitação, o Município recebe R$ 720 mil do Ministério da Saúdem referentes a três meses, cuja habilitação poderá ser renovada por mais três meses.

O Estado, por sua vez, pode complementar o valor, se necessário, auxiliando também o Município na obtenção dos equipamentos.

Essas UTI’s deverão continuar nos municípios, explica Geraldo Resende.

“Tão logo passe a pandemia, vamos fazer todo o esforço para que esses leitos fiquem definitivamente em cada cidade na qual conseguimos implantar. Ou seja, o legado da pandemia não será apenas somente no impacto profundo na nossa economia, no número de infectados.

O que queremos é construir um processo de organização da saúde pública em todas as regiões do Estado que vai permanecer dentro do processo de regionalização da saúde, para atender adequadamente a nossa gente”.

Sul News.