04/03/2021 14h06min - Naviraí
2 meses atrás

Prefeita descarta lockdown, mas Naviraí terá restrições final de semana

Apenas farmácias, laboratórios, mercados e postos de combustíveis poderão funcionar nos próximos dois finais de semana

navirai noticias ► Prefeita, Procurador Geral do Município, Neninha, Fernando Ortega e Comandate da PM explicam novo decreto

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


A prefeita Rhaiza Matos concedeu entrevista coletiva, na tarde desta quarta-feira (03), para informar à população naviraiense sobre o novo decreto municipal com medidas restritivas contra à Covid-19.

Restrições – As principais medidas que constam no novo decreto é a restrição de circulação – lockdown – nos dois próximos fins de semana no município de Naviraí (06-07/03 e 13-14/03). Só poderão funcionar nestes 4 (quatro) dias farmácias, laboratórios, mercados e postos de combustíveis, exclusivamente para a comercialização de combustíveis.

“Recebi recomendação do Governo do Estado para a implantação de lockdown por 14 (quatorze) dias em Naviraí, todavia, entendo que temos uma última oportunidade de minimizar as restrições, reforçar a fiscalização e, principalmente, contar com a compreensão da população”, destacou a prefeita.

Barreiras Sanitárias – Rhaiza Matos também informou sobre a criação de barreiras sanitárias em todas as saídas do Município e explicou que, com o apoio do Governo do Estado, haverá reforço no policiamento, no qual não haverá tolerância.

“O decreto está editado, o Código Penal é rigoroso, em síntese, há mecanismos de punição e estes, infelizmente, caso necessários, serão utilizados. As multas também foram revistas, arbitradas em R$ 500,00 (quinhentos reais) para pessoas físicas, R$ 1.000,00 (um mil reais) para pessoas jurídicas e R$ 5.000,00 (cinco mil reais) para organizadores de eventos clandestinos”, reforçou a prefeita.

Apoio – O vereador Ederson Dutra, que também participou da coletiva, cumprimentou a prefeita pelo diálogo com a Câmara Municipal, com o Associação Comercial e Empresarial de Naviraí, destacando que este sacrifício momentâneo é para o bem de toda a sociedade naviraiense.

“Estamos apoiando a prefeita, especialmente pelo momento delicado que vivemos. Ninguém quer fechar comércio, no entanto, a realidade da Santa Casa lotada e o fato de famílias inteiras estarem sendo internadas juntas é algo real e que tem custado inclusive a vida de nossa população”, complementou o vereador.

Os gerentes Paulo Jacomeli Pereira (Procurador Geral do Município), Fernando Ortega (Geral Executivo), e o Comandante Éverson Rozeni (Polícia Militar) também participaram da coletiva.

Roney Minella - Ascom Prefeitura de Naviraí