19/03/2015 13h55min - Geral
8 anos atrás

Após polêmica, deputado desiste de "Bolsa CNH" para ex-presidiários

Bolsa CNH

Roberto Higa/ALMS ► Deputado Almi retirou a proposta após polêmica

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Campo Grande News


Após polêmica envolvendo o projeto que defendia a criação de uma escola pública de CNH (Carteira Nacional de Habilitação), o deputado Cabo Almi (PT) pediu a retirada da proposta. A ideia era garantir CNH de graça para ex-presidiários, beneficiários do Bolsa Família e trabalhadores que estivessem desempregados há dois anos. Apesar da proposta ter gerado muitos ataques nas redes sociais, o parlamentar diz não ter desisitido completamente da ideia. Pretende fazer as devidas alterações e reapresentar o projeto no futuro. O deputado ressaltou que houve muita “incompreensão” em relação ao tema proposto, principalmente quando foi citado as pessoas que são “egressos” do Sistema Penitenciário, assim como aqueles que recebem o programa federal, “Bolsa Família”. Ele ainda citou o momento “conturbado” que vive o país, em relação aos protestos populares, por esta razão, preferiu voltar atrás e não seguir com o projeto na Assembleia Legislativa, mas não deixando de ressaltar que a intenção era positiva e ajudar aqueles que não tem condições de pagar a habilitação. Projeto A proposta do petista ainda incluía entre os beneficiados para fazer parte desta escola pública, aqueles que tivessem renda familiar inferior a dois salários mínimos, alunos que estivessem com mais de seis meses – ensino médio ou fundamental – em escolas públicas, incluindo os cursos profissionalizantes. Não seriam permitidos a entrada de pessoas que cometeram crimes no trânsito, ou que não atendessem ao menos um destes critérios citados acima. Na matéria ainda cita que estados como Rio de Janeiro e Pernambuco, já criaram esta proposta. Ficaria a cargo do governo estadual realizar parcerias com a iniciativa privada, para viabilizar esta escola pública. CGNews