05/08/2016 08h59min - Naviraí
6 anos atrás

Após três mortos e rebelião controlada, 50 presos serão transferidos

Houve destruição no presídio; Choque e Bope da Capital trabalham

WhatsApp ► Presos são colocados no pátio do presídio

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


A rebelião na Penitenciária de Segurança Máxima de Naviraí, que começou na tarde de ontem (4) e só foi controlada no início da manhã de hoje, teve saldo de três detentos mortos e pelo menos 8 feridos. Segundo a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), será feita transferência de 50 detentos ainda hoje. Ao todo, conforme o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa, são 570 detentos no presídio. As cadeias para onde os presos serão transferidos não foram divulgadas. Toda a rebelião começou porque integrantes do PCC e do Comando Vermelho se desentenderam e queriam matar detentos que não participavam de facção. Presos chegaram a ser enrolados em colchões e fogo foi ateado, mas não houve feridos graves. No fim da tarde de ontem, durante a rebelião, a Polícia Civil confirmou que dois presos morreram. Um deles foi morto por agentes penitenciários que tentaram defender o diretor do presídio. UmbertoZum Hoje pela manhã, corpo de terceiro detento foi encontrado por equipes do Batalhão de Choque e do Batalhão de Operações Policiais e Especiais (BOPE) quando entraram no presídio, por volta das 6 horas. O preso foi decapitado. No entanto, a Polícia Civil só confirma até o momento a morte de dois detentos. MOTIM Os detentos jogaram muitas pedras em direção dos policiais, que se protegeram com escudos. Depois disso, a situação foi controlada e agora todas as celas são esvaziadas e os detentos colocados no pátio da penitenciária. Cães da Polícia Militar também atuam na ação. De acordo com policiais do Choque, todos o material artesanal usados pelos detentos serão recolhidos por agentes penitenciários e a expectativa é que muitos detentos sejam transferidos tendo em vista a situação precária do presídio. Além do motim no presídio, três ônibus da prefeitura de Naviraí foram queimados. Os veículos estavam estacionados no pátio da garagem municipal. Equipes do Corpo de Bombeiros conseguiram apagar o incêndio, mais dois ônibus foram totalmente destruídos. Ontem à noite detentos gravaram vídeo em que um preso aparece informando a todos os detentos que todos irão morrer e que todas as “comarcas irão quebrar”, fazendo relação com possíveis rebeliões em outros presídios do país. CorreiodoEstado