06/04/2022 08h58min - Polícia
2 meses atrás

Banho de sangue: pelo menos 4 são executados em mais uma chacina na fronteira

Vítimas foram alvos de pelo menos 3 atiradores em uma casa de festas

Divulgação ► Veiculo possivelmente usado na chacina foi encontrado queimado

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Campo Grande News


Pelo menos quatro pessoas foram executadas a tiros em mais uma chacina ocorrida na noite desta terça-feira (05), em Ponta Porã, a 313 quilômetros de Campo Grande. 

As vítimas estavam em uma salão de festas na Rua Belmiro de Albuquerque, no Bairro Residencial Ponta Porã II, quando foram surpreendidas por três atiradores fortemente armados.

O trio chegou ao local em uma caminhonete Amarok branca e abriu fogo, deixando mortos e feridos. 

Informação extraoficial é de que após o ataque ao local, tiroteio em outro ponto da cidade deixou mais um morto e um veículo teria sido incendiado.

O som da rajada de tiros de fuzil foi registrado em áudios que circulam via WhatsApp. 

 Vídeos do local da execução das quatros pessoas também revelam um cenário de horror, com homens ensanguentados, caídos no chão da casa de festas, rodeados de curiosos. Ainda não há confirmação de prisões.

A movimentação de policiais é grande na região de fronteira, que mais uma vez foi palco para o banho de sangue promovido pelas organizações criminosas que disputam poder na região.

Foram assassinados: Geovani Souza da Silva, de 29 anos, Josimar Cáceres de Oliveira, de 31 anos, Venâncio Cabreira, de 39 anos, e Luis Vareiro, de 27 anos, conhecido como ‘Chorão’.

 Todos estavam em uma festa de aniversário, quando os três pistoleiros chegaram em uma camionete Amarok, de cor branca. Veóculos foi encontrado hoje cedo queimado.

 CAMPO GRANDE NEWS