26/05/2020 13h41min - Geral
2 anos atrás

Barreiras têm 2,5 mil pessoas abordadas e nenhuma testa positivo para a covid-19.

Barreiras têm 2,5 mil pessoas abordadas.

Henrique Kawaminami. ► Barreiras têm 2,5 mil pessoas abordadas e nenhuma testa positivo para a covid-19.

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Na manhã desta terça-feira (26), quando foram ativadas as barreiras sanitárias nas saídas de Campo Grande, oito pessoas com sintomas do coronavírus foram submetidas aos testes rápidos e nenhuma delas atestou positivo para a doença. Conforme balanço divulgado pela Prefeitura, até às 11 horas foram abordados 1,577 veículos e 2,5 mil pessoas.

“As barreiras tem por objetivo atender um procedimento da Organização Mundial da Saúde que diz ser a maneira mais eficiente para, com cautela, prevenir o contágio daqueles que entram para dentro do município”, comentou o prefeito Marquinhos Trad (PSD) durante live realizada no Facebook.

Segundo Marquinhos, 200 pessoas foram treinadas para atuar nas barreiras. Eles receberam orientações psicológicas sobre como deveriam tratar os outros durante as abordagens e também em relação a aferição das temperaturas e confirmação ou não da doença.

Dados divulgados pela prefeitura apontam que Campo Grande conta hoje com 250 casos confirmados da doença, seis óbitos, 10 pacientes internados, outros 59 em isolamento e 175 recuperados.

As pessoas abordadas nas barreiras sanitárias com sintomas da doença passam pelo teste ali mesmo. Em caso negativo, são liberadas em seguida. Em caso positivo são encaminhadas para o posto de saúde.

Marquinhos enfatiza que a medida não tem intenção de impedir a entrada de ninguém na cidade. “O que estamos fazendo é receber quem quer que seja com cuidados. Campo Grande é uma terra acolhedora”, finalizou.

CGNEWS.