17/10/2014 09h11min - Geral
9 anos atrás

Candidatos priorizam grandes cidades nos 10 dias finais da campanha

dias finais da campanha

Balta ► Nesta terça Reinaldo esteve aqui em Naviraí onde realizou uma grande carreata

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Campo Grande News


Os candidatos ao governo estadual de Mato Grosso do Sul, que estão segundo turno, irão priorizar as visitas aos grandes colégios eleitorais nesta reta final de campanha. Eles irão realizar reuniões, carreatas e passeatas pelos principais municípios do Estado, contando com a participação de lideranças nacionais. Reinaldo Azambuja (PSDB) esteve ontem em Naviraí quando recebeu apoio do governador José Richa, do Paraná, prefeito Léo Matos, dos deputados Onevan de Matos, Renato Câmara, Geraldo Resende, além de vários prefeitos do Cone Sul e Vale do Ivinhema. Ele começa a partir de amanhã (17) a participar de eventos com reforços de renome nacional. Nesta sexta-feira ele irá para Corumbá e depois para Aquidauana, onde encontra e cumpre agenda com o missionário Romildo Ribeiro Soares, o R.R. Soares, líder nacional da Igreja Internacional da Graça de Deus. No sábado, o tucano irá para Três Lagoas onde realiza evento com a participação do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) e do senador eleito no estado paulista, o ex-ministro José Serra, ambos do PSDB. No domingo, a uma semana da eleição, Azambuja viaja para Paranaíba. O candidato tucano prioriza segunda e terça-feira que vem, em Campo Grande, onde no dia 21 recebe o candidato a presidência da república, Aécio Neves, que chega na Capital por volta das 15h para ato político. Nos dias seguintes Azambuja ainda passa pelos municípios de Ponta Porã, Dourados, Coxim e Maracaju, encerrando a campanha em Campo Grande, na véspera da eleição. Já o candidato Delcídio do Amaral (PT) também segue caminho semelhante priorizando as cidades com grandes colégios eleitorais de Mato Grosso do Sul. De acordo com a assessoria, a intenção é percorrer as principais regiões do Estado. O senador petista irá passar pelos municípios de Dourados, Três Lagoas e Corumbá, além de Campo Grande, que são exatamente os quatro maiores colégios eleitorais do Estado. Ele ainda percorre os municípios de Nova Andradina, Paranaíba e Ponta Porã. Para Capital, Delcídio irá priorizar os eventos no centro da cidade, também organizando caminhadas e reuniões nos grandes bairros da cidade, para ter o contato direito com a população. Nesta quinta-feira ele conta com o reforço da ministra Ideli Salvati, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, que chegou em Campo Grande por volta das 14h e, no final da tarde, participa de ato político na cidade para pedir votos a Delcídio e a presidente Dilma Rousseff (PT). Novas visitas de lideranças nacionais estão sendo articuladas pela coordenação.