07/07/2015 21h47min - Polícia
8 anos atrás

Carvão pode ter causado morte de casal aqui em Naviraí

Carvão

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: A Gazeta News


Um casal foi encontrado morto por volta das 11h30m, desta terça-feira (07), dentro do quarto de uma residência localizada na rua Edson Vicente Pereira no bairro Vila Primavera em Naviraí. Carvão para aquecer pode ter causado a morte. Ana Carolina Ferreira da Silva, de 21 anos e seu marido Marcos Pereira de Souza, de 23 anos, foram encontrado sobre a cama do casal, pelo irmão de uma das vitimas, que acionou o Corpo de Bombeiros que ao chegar ao local constaram que os corpos já estavam sem vida e com rigidez cadavérica. Segundo os peritos o casal veio a óbito na noite de sábado. Dentro do quarto próximo da cama do casal, havia um pequeno botijão que foi cortado ao meio, e estava sendo usado para queimar carvão. Provavelmente o casal teria colocado o objeto dentro quarto e acendido o carvão para se aquecer do frio da noite de sábado que foi de 9º graus em Naviraí. Ana Carolina estava deitada sobre a cama de barriga para cima com roupas dormir, já Marcos estava de bruços sobre o corpo da esposa, ele estava vestindo calças jeans, blusa de moletom e meias. A Polícia Civil e também peritos criminais estiveram no local, e encaminharam os corpos para o IML (Instituto Médico Legal), de Naviraí, onde passaram pelo médico legista que irá apurar a causa das mortes. A primeira hipótese é que o casal tenha morrido intoxicado por monóxido de carbono, que é um gás incolor e inodoro (não possui cheiro), derivado da queima incompleta de combustíveis fósseis (carvão vegetal e mineral, gasolina, querosene e óleo diesel). Ana Carolina era funcionaria do supermercado Chama e Marcos Pereira trabalhava no frigorífico JBS.