13/02/2015 10h56min - Geral
8 anos atrás

CCR MSVia e PRF distribuem bafômetros educativos nesta sexta na 163

bafômetros educativos

divulgação ► Este éo modelo dos bafômetros que serão distribuídos na BR

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: A Gazeta News


A CCR MSVia e a PRF (Polícia Rodoviária Federal) realizam na tarde desta sexta-feira a distribuição de bafômetros educativos e folhetos didáticos na BR-163/MS. A ação se desenvolve a partir das 15h30 em frente ao Posto de Fiscalização da PRF localizado no km 455, em Campo Grande (MS), saída para SP. A proposta é reforçar a campanha de combate ao uso de álcool por motoristas durante o Carnaval. Segundo Keller Rodrigues, Gestor de Interação com o Cliente da CCR MSVia, esse é mais um esforço das instituições e autoridades ligadas ao trânsito no esclarecimento de motoristas e passageiros sobre os riscos de dirigir sob o efeito do álcool. “Os passageiros também podem ser nossos parceiros nesse esforço, recusando-se a viajar com motoristas que estejam sob os efeitos do álcool”, diz o engenheiro. “Não existe dose segura ao volante, beber com responsabilidade é beber e não dirigir”. A distribuição dos bafômetros educativos não tem caráter de fiscalização. Denominados etilotestes químicos, esses instrumentos descartáveis servem apenas para conscientizar os motoristas de que qualquer quantidade de álcool consumido é absorvida pelo organismo e afeta a capacidade de reflexo. Uma base reagente na forma de cristais identifica a presença de etanol no ar expirado pela pessoa. Além dos etilômetros educativos, a CCR MSVia e a PRF estarão distribuindo folhetos educativos com dicas de segurança para este Carnaval. Entre outras recomendações, o folheto sugere que os passageiros não deixem o motorista consumir bebidas alcoólicas ou não aceitem carona. Se os motoristas forem beber, devem optar por utilizar táxis, ônibus ou pegar carona com quem não consumiu bebida alcoólica. “Não adianta falar que vai tomar um café forte ou um banho frio; independente da quantidade de álcool ingerido, o risco é o mesmo”, enfatiza Keller Rodrigues. A CCR MSVia alerta aos motoristas que, independente dessa ação, a PRF continuará com as suas atividades de fiscalização com o uso de etilômetros aferidos e coerção de motoristas que estejam dirigindo sob efeito do álcool. assessoria