17/05/2016 08h36min - Geral
7 anos atrás

Chuvas causam estragos e seis municípios do Estado podem decretar emergência

Amambai, Coronel Sapucaia, Juti, Tacuru, Eldorado e Iguatemi calculam prejuízos

Divulgação ► Prefeitos e coordenador da Defesa Civil participaram de reunião na sexta-feira

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Em situação emergencial desde novembro do ano passado, seis municípios de Mato Grosso do Sul podem decretar nova situação de emergência após fortes chuvas que voltaram atingir a região sul do estado na semana passada. Amambai, Coronel Sapucaia, Juti, Tacuru, Eldorado e Iguatemi começaram a avaliar os estragos. Segundo o coordenador de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul, coronel Isaías Ferreira Bittencourt, equipes da já foram encaminhadas aos locais para coletar informações para o novo documento. “As chuvas recentes agravaram a situação de alguns municípios do sul do Estado. Estivemos reunidos com o prefeito de Amambai, Sérgio Barbosa, com a prefeita de Coronel Sapucaia, Nilcéia Alves, e com o adjunto da Secretaria de Infraestrutura do Estado para tratarmos da situação da retaliação das cidades que já se encontram em situação de emergência por conta dos eventos de novembro, dezembro e janeiro”, destacou o coronel. Conforme o coordenador, algumas obras que haviam sido feito em Coronel Sapucaia, por exemplo, foram danificadas. “Encaminhamos ao Estado um pedido para que continue nos apoiando. Estamos dando todo apoio técnico para estudar novo decreto em virtude dos novos eventos da semana passada”, frisou. O prejuízo financeiro ainda não foi levantado, assim como quantidade de pontes destruídas. O decreto de situação de emergência em vigor nos seis municípios têm prazo de validade de 180 dias. O de Coronel Sapucaia, por exemplo, foi emitido em novembro, por isso já deve estar com prazo perto de expirar. “Cada município tem uma data de vencimento, já que foram emitidos em datas diferentes”, avaliou Isaías. CorreiodoEstado