08/10/2018 13h41min - Geral
4 anos atrás

Confira a lista completa dos deputados federais, estaduais e senadores eleitos em MS


Assessoria de Imprensa ► Candidatos ao governo de Mato Grosso do Sul nas eleições 2018

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Com 100% das urnas apuradas é hora de conferir quem serão os senadores e deputados estaduais e federais que vão representar Mato Grosso do Sul. Confira a lista completa: A bancada federal sul-mato-grossense para o mandato 2019-2022 de quatro deputados reeleitos e outros quatro novos mandatários. Confira a lista dos deputados federais eleitos: Rose Modesto (PSDB) - 120.901 votos (9,75%) Fábio Trad (PSD) - 89.385 votos (7,21%) Beto Pereira (PSDB) - 80.500 votos (6,49%) Tereza Cristina (DEM) - 75.068 votos (6,05%) Vander Loubet (PT) - 55.970 votos (4,51%) Tio Trutis” (PSL) - 56.339 votos (4,54%) Dr. Luiz Ovando (PSL) - 50.376 votos (4,06%) Dagoberto (PDT) - 40.233 votos (3,24%) Nenhuma mulher foi eleita deputada estadual para o mandato 2019-2022 em Mato Grosso do Sul e a Assembleia Legislativa será formada 100% por homens. Confira os candidatos eleitos para deputado estadual por Mato Grosso do Sul: Capitão Contar (PSL) - 78.390 votos (6,11%) Coronel David (PSL) – 45.903 votos (3,58%) Jamilson Name (PDT) – 33.870 votos (2,64%) Renato Câmara (MDB) – 32.291 votos (2,59%) Onevan de Matos (PSDB) – 30.461 votos (2,40%) Zé Teixeira (DEM) – 30.813 votos (2,40%) Lídio Lopes (PEN) – 27.877 votos (2,17%) Paulo Corrêa - 27.664 votos (2,16%) Felipe Orro – 27.661 votos (2,16%) Barbosinha (DEM) – 27.492 votos (2,14%) Marçal Filho (PSDB) – 25.437 votos (1,98%) Professor Rinaldo (PSDB) – 24.593 votos (1,92%) Marcio Fernandes (MDB) – 23.296 votos (1,82%) Eduardo Rocha (MDB) – 22.347 votos (1,74%) Cabo Almi (PT) – 21.121 votos (1,65%) Pedro Kemp (PT) – 20.969 votos (1,63%) Londres Machado (PSD) – 20.782 votos (1,62%) Neno Razuk (PTB) – 19.472 votos (1,52%) Herculano Borges (SD) – 17.731 votos (1,38%) Gerson Claro (PP) – 16.374 votos (1,28%) Antonio Vaz (PRB) – 16.224 votos (1,26%) Evander Vendramini (PP) – 12.627 votos (0,98%) Lucas de Lima (SD) – 12.391 votos (0,97%) João Henrique (PR) – 11.010 votos (0,86%) Nelsinho Trad (PTB) e Soraya Thronicke (PSL) foram eleitos senadores no Estado. Trad, que já aparecia à frente nas pesquisas, confirmou a preferência do eleitor, sendo o mais votado, enquanto Soraya ficou com a segunda vaga. Confira como foi a votação dos demais candidatos: Moka (MDB) – 15,50% Marcelo Miglioli (PSDB) – 15,08% Promotor Sergio Harfouche (PSC) – 12,68% Zeca do PT (PT) - 12,67% Delcidio do Amaral (PTC) – 4,77% Gilmar da Cruz (PRB) – 1,53% Mario Fonseca (PC do B) – 1,31% Anisio Guató (PSOL) – 1,23% Betini (PMB) – 0,62% Beto Figueiró (PODE) – 0,00% Thiago Freitas (PPL) – 0,00% SEM DEFINIÇÃO A eleição para a gestão 2019-2022 do governo de Mato Grosso do Sul será decidida no segundo turno. O atual mandatário, Reinaldo Azambuja (PSDB), e o juiz federal aposentado Odilon de Oliveira (PDT), voltarão a disputar a preferência dos eleitores no dia 28 de outubro. Azambuja somou 44,61% dos votos válidos, correspondentes a 576.993 eleitores. Odilon de Oliveira acumulou 31,62%, equivalentes a 408.969 votos. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi (MDB) teve 11,61% dos votos, com 150.115 eleitores. Humberto Amaducci (PT) somou 10,26%, com 132.638; seguido por Marcelo Bluma (PV), com 1,28% da preferência e 16.544 votos. João Alfredo (PSOL), terminou em último, com 0,63% e 8.095 eleitores. O deputado fluminense Jair Bolsonaro (PSL) e o ex-prefeito paulistano Fernando Haddad (PT) vão continuar no jogo e disputar o 2º turno. Jair Bolsonaro teve 46,07% dos votos válidos e Hadadd 29,22%. Ciro Gomes (PDT) teve 12,47% e Geraldo Alckmin (PSDB) apenas 4,76%. Correio do Estado