25/07/2018 08h38min - Região
4 anos atrás

Em alta recorde, soja deve atingir faturamento de R$ 11 bilhões no Estado


Valdenir Rezende / Correio do Estado ► O VBP é o resultado da multiplicação do produto pelo preço médio de mercado

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Valorização no preço da soja fez aumentar em 17,9% a projeção de rendimento nas lavouras da oleaginosa em Mato Grosso do Sul neste ano, de acordo com dados da Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). De R$ 9,486 bilhões, em 2017, o montante foi elevado para R$ 11,192 bilhões. Com o resultado, a soja também contribuiu para elevar a estimativa total do Valor Bruto de Produção Agropecuária (VBP) do Estado em 5%, passando de R$ 30,559 bilhões para R$ 32,106 bilhões. Desse montante, o grão responde por 34,85% da renda total e por 51,59% do valor projetado somente para as lavouras sul-mato-grossenses. De acordo com Juliano Schmaedecke, presidente da Associação de Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja-MS), o VBP é resultado da multiplicação da produção pelo preço médio de mercado e, no caso da soja, a explicação para o aumento do VBP está relacionada à evolução do preço médio da saca. “Neste ano, o preço está 17,8% acima do preço médio de 2017 e a produção avançou 12,9%”, afirmou. O dirigente da Aprosoja também chamou atenção para o avanço no VBP do milho no Estado, estimado em R$ 4,2 bilhões, o que representa alta de 16,8% em relação a 2017. As culturas de soja e milho juntas representam 48,1% do rendimento total da agropecuária de Mato Grosso do Sul. Correio do Estado