04/12/2015 08h43min - Geral
7 anos atrás

Estado decreta situação de emergência e abre caminho para receber ajuda federal

14 municípios da região sul de MS tiveram prejuízos por conta das chuvas em novembro

Divulgação ► Chuva causou estragos em rodovias

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


O governo do Estado reconheceu situação de emergência nos 14 municípios da região sul que sofreram prejuízos com as fortes chuvas no mês de novembro. A decisão foi assinada na tarde desta quinta-feira (03) por Reinaldo Azambuja e será publicada no Diário Oficial desta sexta-feira. Tacuru, Naviraí, Itaquiraí, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Amambai, Iguatemi, Sete Quedas, Paranhos, Caarapó, Juti, Novo Horizonte do Sul, Japorã e Eldorado são as cidades abrangidas pelo decreto. Segundo a Defesa Civil, foram danificadas 24 pontes e 43 foram totalmente destruídas. Também foram verificados danos em 11 rodovias estaduais e 13 municipais, sendo destruídas quatro rodovias municipais em Naviraí. O decreto oficializa o início da força-tarefa para recuperação e restabelecimento de serviços essenciais. As cidades também poderão receber recursos do governo federal para reconstruir áreas atingidas. Após a publicação do decreto, o Governo do Estado tem 10 dias para entregar à Secretaria Nacional de Defesa Civil (SEDEC) um requerimento pedindo o reconhecimento federal na situação de emergência dos municípios. Neste requerimento, entre diversos documentos, o Estado informa o valor referente à soma total dos prejuízos. “Agora, com os dados dos municípios, iremos fazer o levantamento geral dos estragos para encaminhar ao Governo Federal”, explicou o coordenador adjunto da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC), tenente-coronel Adriano Rampazo. Sem prazo estipulado, a Secretaria Nacional irá avaliar o possível reconhecimento da situação de emergência e o provável encaminhamento de verba federal ao Estado. CorreiodoEstado