16/04/2022 10h30min - Naviraí
1 mês atrás

Fabricante de cerveja entrou com pedido de reintegração de posse de área ocupada por 37 indígenas aqui em Naviraí

Comunidade Guarani e Kaiowá de Naviraí deverá deixar a área

Reprodução /Midiamax ► Comunidade invadiu a área que fica no centro de Naviraí

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Midiamax News


Uma comunidade Guarani e Kaiowá do tekoha Mboreviry, em Naviraí (MS), cidade distante 369 quilômetros de Campo Grande está ameaçada de despejo, após invadir uma área pertencente a uma empresa de bebidas.

O pedido de reintegração de posse movido foi movido por uma empresa fabricante de cerveja no Brasil.

De acordo com informações do Cimi (Conselho Missionário Indigenista), a comunidade Kaiowá e Guarani reivindica a demarcação da área, ocupada por 37 famílias indígenas, como terra de ocupação tradicional indígena.

O local, com o qual as lideranças indígenas relatam que nunca perderam o vínculo, foi retomado pela comunidade indígena em outubro do ano passado. 

Pouco depois, a empresa ingressou com um pedido de reintegração de posse.

Uma decisão judicial determinando o despejo da comunidade pode ser emitida a qualquer momento, segundo informações do Cimi.

 A reportagem do Midiamax entrou em contato com Funai (Fundação Nacional do Índio) e também com representantes da empresa que acionou a Justiça, mas até o momento não recebeu nenhum retorno.

midiamax