20/03/2017 08h49min - Naviraí
6 anos atrás

Familiares e amigos de adolescente morto por PF fazem protesto em MS


José Gomes ► Familiares e amigos de adolescente morto por PF fazem protesto em frente a delegacia da PC

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Cerca de 90 pessoas entre familiares e amigos do adolescente Everton da Silva, de 17 anos, morto atropelado por um policial federal do Rio de Janeiro em missão em Naviraí, município no sul de Mato Grosso do Sul, protestaram neste sábado (18). A Superintendência da Polícia Federal informou que abriu procedimento interno para apurar as circunstâncias envolvidas no acidente. A PF informou ainda que o policial estava fora do horário de serviço. O grupo saiu da casa da vítima e percorreu até o Centro da cidade pedindo Justiça. Além do adolescente, outros dois jovens foram atropelados no acidente que aconteceu na última segunda-feira (13). O motorista não teria prestado socorro. Segundo as famílias, as duas jovens que ficaram feridas no acidente estão bem. A perícia está com o vídeo que mostra quando Everton e duas amigas passam quando voltavam de um show. Em seguida uma mostra uma viatura descaracterizada passando. O adolescente de 17 anos morreu na hora. Segundo as investigações, o agente também estava na festa. As imagens não mostram o momento exato do atropelamento, mas de acordo com Polícia Civil, o atropelamento foi na avenida Campo Grande sentido Centro. Os laudos da perícia feita no carro e no local do crime devem sair no fim da próxima semana. O delegado que investiga o caso ouviu o policial três dias depois do acidente. Ele prestou depoimento na presença do advogado e assumiu que estava dirigindo o carro, mas negou que estava bêbado e foi liberado. PortaldoConesul