12/12/2018 08h31min - Geral
4 anos atrás

Ganho de vereadores dobra com verba extra


Valdenir Rezende / Correio do Estado ► Vereadores discutem reajuste salarial do Executivo e do Legislativo municipal

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Se for aprovado o reajuste salarial dos vereadores de Campo Grande, que passará a valer em 2021, o rombo anual ao município com a folha de pagamento será de até R$ 13,154 milhões; mensalmente, esse valor será de até R$ 1,096 milhão. Essa soma é feita contando, além do reajuste salarial, com a verba indenizatória dos vereadores, que hoje é de R$ 16,8 mil. O valor não integra o salário dos políticos, que deverá saltar daqui a dois anos para R$ 21 mil. O contracheque dos vereadores depende do salário dos deputados estaduais, que consequentemente é baseado no que os deputados federais recebem. É um efeito cascata. A proposta de aumento salarial dos vereadores pode ser de até 75% do que ganha um político da Assembleia Legislativa. Os deputados ainda não votaram o aumento, mas vão votar ainda este ano e já avisaram que não abrirão mão do reajuste no salário, que segundo eles está congelado há quatro anos. Atualmente, um deputado recebe R$ 25.322, e a partir de 2019, com o aumento, subirá para R$ 29 mil. Correio do Estado