09/12/2015 09h01min - Geral
7 anos atrás

Guerra contra dengue começa, e 150 militares vão atuar nos bairros de Campo Grande

Operação deve durar dois meses

ArlindoFlorentino ► Militares do exército começam o combate ao mosquito da dengue

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Midiamax News


A partir desta quarta-feira (9), pelo menos 150 militares vão atuar em conjunto com as equipes da secretaria de saúde no combate a dengue, em Campo Grande. A operação deve durar dois meses e os militares serão divididos em oito equipes atuando em nove bairros da Capital. O principal objetivo é o recolhimento de pneus de residências e borracharias. Nove bairros da cidade receberão as equipes do exército, Nova Campo Grande, Coophavila II, Guanandi, Lageado, Nova Lima, Cruzeiro, Tiradentes, Noroeste e Rancho Alegre. “A operação é para combater diretamente o mosquito da dengue”, fala o Comandante do 9º grupamento logístico de Campo Grande, Coronel Carlos Alberto Medina Ávila. Ainda de acordo com o coronel hospitais de campanha serão montados ao lado de unidades de saúde dos bairros, com o objetivo de aumentar em 20 leitos cada unidade de saúde. “Serão feitas coletas de sangue e atendimento” diz o coronel. O exército deve atuar das 7 da manhã até as 18 horas. O primeiro hospital de campanha a ser montado será no Vila Almeida, nesta quinta-feira (10) e na sexta-feira (11) no Bairro Universitário. De acordo com a Sesau, do dia 27 de janeiro a 8 de dezembro foram 7.614 notificações deste total, 3.819 casos confirmados de dengue, cinco com dengue grave e três mortes em decorrência da doença. Midiamax