20/10/2016 10h00min - Geral
6 anos atrás

IFMS promove feiras científicas pela 1ª vez em Dourados, Jardim e Naviraí

feiras científicas

divulgação ► A feira já recebeu visita de vários estudantes

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


As Feiras de Ciência e Tecnologia fazem parte da programação da Semana de Ciência e Tecnologia (SCT 2016) do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) nos dez municípios onde o evento ocorre. Em Dourados, Jardim e Naviraí, elas são realizadas de maneira inédita. Das três novas feiras, a de Naviraí foi a primeira a ser aberta, na terça-feira, 18. A Fecinavi reúne 24 trabalhos de estudantes do IFMS e demais escolas do município, em todas as áreas do conhecimento. Na manhã desta quarta-feira, aproximadamente 300 pessoas já haviam visitado a feira. O diretor de ensino do campus, Wagner Antoniassi, comenta que o objetivo da feira é estabelecer um espaço para a exposição dos projetos desenvolvidos por alunos e professores. “A Fecinavi abre as portas do município e região para a ciência e tecnologia. Até agora não havia um local em Naviraí para que os trabalhos pudessem ser apresentados. A feira também permite que os participantes conheçam melhor nossos cursos e ações desenvolvidas”, afirma. A feira segue até o dia 20, assim como as demais atividades da SCT no campus. Estão previstos também minicursos, palestra, mostra de profissões e um simpósio com o tema “Formação e Comunicação”. As atividades acontecem no campus provisório do Instituto. A quarta-feira também marcou a abertura da Feira de Ciência e Tecnologia da Grande Dourados (Fecigran). Desde a manhã, estão expostos 22 trabalhos de estudantes dos municípios de Dourados e Fátima do Sul. Cerca de 150 visitantes já passaram pela feira, que acontece no campus do Instituto. O diretor-geral do Campus Dourados, Carlos Vinícius Figueiredo, explica que a Fecigran oportuniza a integração com as demais instituições do município e abre as portas do IFMS para que a comunidade saiba um pouco mais sobre a instituição. “A feira possibilita a aproximação entre as instituições de ensino superior, a exemplo da UFGD, UEMS e Unigran, por meio dos palestrantes e avaliadores. Também receberemos a visita de escolas municipais e estaduais, fazendo com que os participantes conheçam nossa infraestrutura e qualidade na educação ofertada”. O encerramento da Fecigran será na sexta-feira. Já as atividades da SCT no campus vão até sábado. Além da feira de ciência e tecnologia, também ocorrem palestras, minicursos, oficinas, roda de conversa, workshop e feira gastronômica solidária e de agroecologia. As atividades acontecem no campus, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Jardim Canaã I e no Shopping Avenida Center. Já a Feira de Ciência e Tecnologia da Região Sudoeste de Jardim (Fecioeste) começa nesta quinta-feira, 20. As atividades se iniciam às 8 horas. Pela manhã está prevista a montagem dos trabalhos. A exposição acontece no período vespertino. A feira reúne 25 trabalhos feitos por estudantes de Jardim e Guia Lopes da Laguna. O diretor-geral do campus, Nilson Oliveira da Silva, destaca que a feira é aguardada com expectativa, por ser uma das primeiras atividades no campus definitivo do Instituto no município. “Como se trata de um evento inédito, voltado a difusão da ciência e tecnologia, é um momento bastante oportuno que temos para expor a presença do IFMS na região, trazendo as pessoas para conhecerem o campus”. A Fecioeste vai até sexta-feira, 21, e marca o encerramento da SCT Jardim, que foi aberta na segunda-feira. O evento prevê a realização de minicursos, palestras, workshop e feira de profissões. Todas as atividades são realizadas no campus definitivo do IFMS no município. Outros campi – O Instituto promove feiras ainda em Aquidauana (Feciaq), Campo Grande (Fecintec), Corumbá (Fecipan), Coxim (Fecitecx), Nova Andradina (Fecinova), Ponta Porã (Fecifron) e Três Lagoas (Fecitel). Os trabalhos apresentados serão avaliados por professores e pesquisadores do Instituto e de outras instituições de ensino. Os participantes receberão certificados e os melhores trabalhos, em cada categoria, serão premiados. Os melhores projetos dos níveis fundamental e médio de cada feira serão credenciados para participar da Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (Fetec/MS), que ocorrerá em novembro, na Capital. Mais informações sobre os as feiras estão disponíveis na página da Semana de Ciência e Tecnologia. O endereço é www.ifms.edu.br/semanact Ascom/IFMS