16/05/2017 09h12min - Polícia
6 anos atrás

Jovem morre em protesto contra Maduro na Venezuela

Jovem morre em protesto contra Maduro na Venezuela

G1 ► Manifestantes fazem barricada em rodovia durante protesto contra o presidente Nicolás Maduro

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Um jovem de 18 anos morreu nesta segunda-feira (15) "durante uma manifestação" no estado venezuelano de Táchira, o que eleva a 39 o número de óbitos decorrentes da atual onda de protestos contra o presidente Nicolás Maduro, informou o Ministério Público. José Alviarez morreu na localidade de Palmira, revelou o Ministério Público em sua conta no Twitter, sem precisar as circunstâncias da morte. "Lamentamos profundamente a morte de venezuelanos durante estes acontecimentos e seguimos trabalhando para fazer justiça em todos os casos". William Galaviz, prefeito do município de Guasimos, onde está Palmira, revelou que o jovem foi baleado no tórax, sem dar mais detalhes. A atual onda de protestos na Venezuela começou no fim de março, quando o Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) tentou tirar os poderes da Assembleia Nacional da Venezuela. Manifestantes, que acusam Maduro de ações anti-democráticas, têm tomado as ruas de várias cidades venezuelanas. Enquanto isso, as forças armadas do país tentam manter o controle, o que tem resultado em mortes e detenções. No início de maio, Maduro entregou ao poder eleitoral o decreto de convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte, que modificaria a Constituição do país, o que a oposição considera uma "fraude constitucional" para evitar eleições antecipadas. Desde 2015, a oposição à maduro é maioria na Assembleia Nacional e os críticos ao governo dizem que Maduro tem tentado adiar novas eleições, pois teme perder o poder. Desde o início das manifestações, foram registrados 39 mortos e centenas de feridos e detidos.