09/04/2019 08h55min - Geral
3 anos atrás

Klein requer a fiscalização dos medidores da Energisa em Naviraí


Jornal Correio do Sul ► Vereador doutor Antônio Carlos Klein, em entrevista ao Jornal Correio do Sul.

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Sul News


Na última sessão ordinária da Câmara Municipal de Naviraí, o vereador Antônio Carlos Klein (PV), apresentou requerimento endereçado à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para que faça a fiscalização e a vistoria nos aparelhos de aferição e medição da energia elétrica da concessionária Energisa, em Naviraí. Klein declarou que a população de todo o Estado do Mato Grosso do Sul está reclamando do valor da energia elétrica, que aumentou muito, ficando, em muitos casos, além das próprias condições financeiras de que o consumidor dispõe para fazer o pagamento e manter o fornecimento de energia elétrica em suas casas. A Energisa, quando questionada, alega que houve grande aumento do consumo, e, em contrapartida, os consumidores alegam que sempre mantiveram o mesmo consumo dos meses anteriores. Sem adentrar o mérito de tais posicionamentos, da empresa e dos consumidores, é necessário o questionamento em relação aos equipamentos da empresa, bem como os procedimentos de aferição e lançamento da energia. Klein declara que "da forma que é feita a medição do consumo mensal de energia, não há transparência, e as pessoas, na verdade, nem mesmo tem conhecimento de como isso é feito e se está correto. Sabe-se que a aferição do consumo é feita por aparelhos". O vereador afirma que "se a medição é feita por aparelhos está sujeita a erros, e o consumidor não tem como conferir a medição. Nem mesmo se sabe se os aparelhos utilizados também são aferidos. Se estão funcionando corretamente. O consumidor é obrigado a aceitar o que a empresa Energisa lhe apresenta, e se não pagar a conta no prazo estipulado, simplesmente tem a energia cortada". Segundo Klein, "para trazer transparência e lisura, tendo em vista o princípio do direito a informação, é necessário que a Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL faça a vistoria nos aparelhos e nos procedimentos de aferição, medição da energia e lançamento das leituras, com urgência, e que tal procedimento seja feito de forma periódica (em curtos intervalos), para que o Consumidor de energia elétrica da cidade, não corra mais o risco de ser lesado por medições incorretas". Naviraí Notícias