28/01/2014 07h17min - Geral
9 anos atrás

Longen destaca investimentos da Fiems no Lapidando Talentos

FIEMS

Ascom Fiems ► Presidente da Fiems, Sérgio Longen, participa da abertura das aulas.

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Durante a aula inaugural do Projeto Lapidando Talentos para a Carreira Profissional, uma iniciativa da Fiems em parceria com Fecomércio-MS, Sebrae/MS, UFMS, IFMS e prefeituras de Corumbá e Ladário, nesta segunda-feira (27/01), em Corumbá (MS), o presidente da Fiems, Sérgio Longen, ressaltou os investimentos do Sistema Indústria em educação para dar suporte ao processo de industrialização no Estado. "Esse Projeto busca também reduzir a importação de mão de obra para atuar nas empresas dos municípios de Corumbá e Ladário, atendendo as necessidades de formação de trabalhadores para o desenvolvimento da região", destacou. Ele lembrou que em dezembro do ano passado foi assinada a ordem de serviço para a ampliação da FatecSenai Corumbá, que terá novas salas e laboratórios para atender a crescente demanda. "Este ano serão disponibilizadas mais de 12 mil vagas na cidade, sendo 80% gratuitas, em mais de 90 cursos. Nos últimos 3 anos, o Sistema Fiems já investiu mais de R$ 20 milhões no Sesi e Senai", afirmou, informando que para este ano o Sesi disponibiliza 800 vagas para os cursos de Educação Continuada, 1.126 matrículas na educação básica e EJA e 700 atendimentos na área de saúde, enquanto o IEL pretende conduzir para estágio 1.500 estudantes em Corumbá e Ladário. Já o vice-presidente regional da Fiems, Lourival Vieira Costa, comentou que o projeto contou com a participação das escolas municipais, estaduais e da Escola do Sesi, que indicaram os alunos destaques dos 9º anos para participar do processo seletivo. "Em 16 de novembro do ano passado foi realizada a primeira fase do processo com a realização da prova de seleção com 235 candidatos. Os 80 melhores passaram pela segunda fase, no dia 23 de novembro, que consistiu em testes psicológicos e de aptidão, classificando assim 38 alunos de Corumbá e Ladário que estão iniciando as aulas", contou, completando que eles vão cursar gratuitamente o Ensino Médio na Escola do Sesi e o curso técnico em mecânica industrial no Senai. PARCEIROS O prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, destacou a importância das parcerias no desenvolvimento do município e afirmou que a administração pública tem se preocupado com a criação de ambientes favoráveis para investimentos na formação da população. “A educação é o caminho para oportunizar aos jovens uma história de sucesso. Esse Projeto é uma oportunidade merecida, fruto do esforço desses alunos. Nós depositamos confiança, desejamos uma caminhada de vitória e que eles acreditem nos seus sonhos", declarou. Na avaliação do prefeito de Ladário, José Antônio Assad Faria, o paradigma da educação sofre mudanças e vem de encontro aos anseios das empresas, desenvolvendo cidadãos mais preparados para o mercado de trabalho. "O empreendedorismo e essa vontade de crescer são fundamentais para o desenvolvimento", avaliou. Representando a Fecomércio-MS, a gerente do Senac de Corumbá, Patrícia Greice Pereira da Silva, afirmou que o projeto irá preparar os jovens a partir do novo perfil profissional que o mercado exige. "Nosso papel é a formação completa do aluno desenvolvendo todas as suas habilidades", disse. O pró-reitor da UFMS, Valdir de Souza Ferreira, destaca que o Lapidando Talentos oferece uma qualificação melhor e oportunidades diferentes aos jovens. "Nosso trabalho é participar da questão do reforço escolar e os professores estarão envolvidos em prol de oferecer melhores condições para esse jovem estar mais preparado para o mercado", pontuou. Para o reitor do IFMS, Marcus Aurelius Estier Serpe, apenas a participação efetiva de todos vai contribuir com o processo de formação e até mesmo com a ampliar do Projeto, enquanto a gerente de operações do Sebrae/MS, Maristela França, acredita que o desafio é desenvolver o potencial dos alunos de acordo com a realidade dos municípios. "A parceria reúne elementos para trabalhar todas as áreas", pontuou. ALUNOS O aluno Luis Felipe Neves de Oliveira, 14 anos, acredita que a oportunidade de cursar o Ensino Médio junto ao Ensino Profissionalizante é uma grande porta de entrada para o mercado de trabalho. "Espero concluir essa etapa com sucesso e posteriormente fazer faculdade para me aperfeiçoar ainda mais", disse. Já o estudante Pedro Henrique Gonçalves de Arruda, 14 anos, destaca que a chance de participar do projeto pode ser decisiva para os rumos da sua carreira profissional. "A expectativa é de fazer estágio em uma grande empresa na cidade e cada vez mais estudar para alcançar posições melhores", afirmou. Para a aluna Vitória Maria Farias de Souza, 14 anos, o Lapidando Talentos representa uma conquista e motivo de orgulho para a família. "Meu pai sempre foi um incentivador dos meus estudos, pois não teve essa oportunidade e quer que eu tenha sucesso na minha carreira", falou. A aluna Pamela Lenir de Lima Osório, 14 anos, conta que foi uma grata surpresa conseguir una vaga no projeto. "Não esperava estar entre os vencedores. A prova foi difícil, mas tudo que vier daqui em diante irei enfrentar com seriedade e estudar bastante para ter um futuro melhor", disse. (Texto: Daniel Pedra – Ascom Fiems).