20/07/2018 08h29min - Geral
4 anos atrás

Lotação do ônibus do tucanato fecha espaço para novos aliados

PSDB

Arquivo / Correio do Estado ► Reinaldo Azambuja (PSDB) quer continuar na cadeira de governador do Estado

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Como o ônibus do tucanato está superlotado, não há mais espaço para acomodar novos aliados de peso político e eleitoral em torno da pré-candidatura do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Este vem sendo o maior obstáculo para o DEM fechar aliança com os tucanos. A falta de garantia aos deputados federais – Luiz Henrique Mandetta e Tereza Cristina – de concorrerem à reeleição com chance de vitória afasta o partido do palanque do PSDB. Já os deputados estaduais José Carlos Barbosa, o Barbosinha, e Zé Teixeira preferem ficar com Azambuja nas próximas eleições. Mas ao DEM interessa mais a eleição de um ou mais deputado federal a ter deputados na Assembleia Legislativa. Portanto, a orientação da cúpula nacional dos democratas é promover aliança com a perspectiva de eleição de representante na Câmara dos Deputados. Esta seria uma das razões de o presidente regional do DEM e ex-prefeito de Dourados, Murilo Zauith, ter dificuldade de acertar aliança em Mato Grosso do Sul. Correio do Estado