14/05/2024 14h41min - Geral
4 semanas atrás

MS Day fecha primeiro negócio e fábrica de colágeno dos EUA virá para Estado

Sustentabilidade e cadeia produtiva conquistaram a empresa

Saul Schramm/Governo de MS ►  Jaime Verruck e Riedel deram datelhas do Projeto que vai gerar empregos no Estado

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Caarapó News


O MS Day em Nova Iorque, nos Estados Unidos, já colhe frutos. Iniciada domingo (12), em jantar com cerca de 200 empresários, a ferramenta de captação de recursos fechou seu primeiro negócio nesta segunda-feira (13), atraindo para Mato Grosso do Sul a empresa PeptPure, especializada na fabricação de produtos baseados em colágeno orgânico.

Sediada em Chicago, a fábrica deve se instalar em Terenos. A atração do investimento contou com o trabalho de retaguarda realizado em Mato Grosso do Sul, prezando pela sustentabilidade, desenvolvimento da cadeia produtiva e geração de oportunidades.

“Vamos dar inicio às tratativas necessárias para a instalação na área onde foi confirmado o interesse de instalação do empreendimento”, explicou Jaime Verruck ao Campo Grande News.

Entre os trunfos apresentados para os investidores americanos, estão os projetos de Carbono Neutro e preservação dos biomas presentes em Mato Grosso do Sul. A pecuária sustentável e orgânica no Pantanal foi decisiva na atração do investimento, já que o colágeno orgânico é extraído do couro dos animais.

A existência de uma cadeia de produção ampla – fazendas e frigoríficos, por exemplo – também foi levada em consideração pela PeptPure para a decisão de vir paras Mato Grosso do Sul. A empresa agora cuida dos detalhes para consolidar o projeto.

“Foi um evento [jantar de domingo] de bastante impacto. Confirmamos nossa transferência para o Mato Grosso do Sul, com novo investimento nessa planta inovadora de colágeno. Toda nossa mensagem se alinha muito bem ao plano de negócios do Estado, e isso é uma grande satisfação para a gente, com todo esse recebimento, esse suporte que estamos recebendo”, afirmou Felipe Chaluppe, presidente da PeptPure. 

 CAMPO GRANDE NEWS