31/10/2019 16h32min - Naviraí
3 anos atrás

Na atual administração a chegada de novas empresas fomenta a economia.

Chegada de novas empresas fomenta a economia.

Arquivo ► Novas empresas fomenta a economia em Naviraí

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Diante da crise que aos poucos vai se desfazendo em nosso país, a geração de emprego e renda atrelada com a instalação de novas lojas em Naviraí na atual administração, torna o município como um referencial para todo o estado, este fomento vem se destacando no setor do comércio proporcionando a chegada e ampliação de lojas de variados segmentos comerciais. Não obstante de tudo isso, lojas já instaladas aqui vão se desenvolvendo e ampliando seu espaço físico caso que ocorreu com a loja Gazin da Weimar Torres que ampliou possibilitando assim maior conforto e comodidade aos clientes, entre agosto 2019 deste ano e até agora 30.10.19 em diferentes segmentos houve a instalação de quase dez empresas no comércio local e em breve será inaugurada a lojas Americanas que se instalará onde funcionava a Romeira que teve suas atividades encerradas. Outras já demonstraram interesse de virem se instalar como a Pernambucana e a Quero Quero uma das mais completas no ramo de material de construção. Demonstrando o quanto a cidade é pujante, tendo todo este momento numa vertente de política séria de um administrador que permite a trabalhar pelo bem da população e fortalecimento da cidade, que desde o início de sua gestão o prefeito Dr. Izauri Macedo se propôs a fazer uma gestão pautada pela ética e compromisso pelo cidadão e responsabilidade pelo dinheiro público. Política séria gera olhares de empresários sentindo se atraído a se instalarem onde existe responsabilidade e ética por parte dos poderes Executivo e Legislativo, essa fomentação e crescimento que muita das vezes não é percebido por quem vivencia o dia a dia local, mas quando se percebe a vinda de novas lojas e ampliação das aqui instaladas, é perceptível que a população vê com bons olhos e automaticamente a demanda de falta de emprego diminui. Assessoria de Imprensa