13/08/2014 11h03min - Geral
9 anos atrás

Novo investimento fará ação do Estado no recapeamento atingir R$ 130 milhões

recapeamento urbano

E.Rodrigues ► André destacou a importancia de investir no Setor

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


O governador André Puccinelli reiterou hoje (12) o compromisso de investimento estadual de R$ aproximadamente 60 milhões em recapeamento urbano em todos os municípios sul-mato-grossenses. Com a destinação desse valor, o montante aplicado pela atual gestão na melhoria das ruas das cidades chegará a R$ 130 milhões, considerando o que já foi feito numa primeira etapa executada há alguns anos. "Demos 70 milhões de reais e agora daremos mais 60 milhões para as prefeituras fazerem o recapeamento. E vamos fazer em todos os municípios sem distinção", garantiu. Esse tipo de intervenção na infraestrutura urbana, embora seja de responsabilidade das prefeituras, é parte da política de atuação municipalista, em apoio aos gestores municipais especialmente pela dificuldade que as prefeituras enfrentam com a queda de receita. Puccinelli exemplificou o caso do distrito aquidauanense de Piraputanga, onde já houve parceria estadual no asfaltamento e onde também deverá ocorrer o recape. Estradas Além das áreas urbanas, as pavimentações de rodovias também estão entre as ações prioritárias de infraestrutura. André Puccinelli disse que aguarda a inclusão da MS-419 (Aquidauana - Rio Verde) nas obras viárias do PAC 3 a serem lançadas pela presidente Dilma Roussef. A expectativa é que isso ocorra ainda antes das eleições. "Se não ocorrer, vamos a Brasília para incluir então essa rodovia na revisão do PAC 2", informou. O governo do Estado já solicitou do Governo Federal o repasse de R$ 10 milhões para que o próprio Estado assuma a execução inicial da obra, para agilizar o empreendimento. "A presidente deu a palavra e nós confiamos que a MS-419 vai estar no PAC, assim como temos o compromisso da rodovia SUl-Fronteira, que está sendo feita", finalizou. As obras rodoviárias executadas pela administração estadual já somam em torno de 3.662 quilômetros, sendo mais de 2.005 quilômetros de recapeamento e cerca de 1.657 de asfalto novo. "Fizemos esse 'monte' de estrada com o intuito de incorporar novas áreas à produção. Porque com isso se gera empregos, se produz mais, se tem mais receita dividida por quem produz. Em consequência, se tem mais tributos, e com mais tributos se faz mais", avaliou o governador.