20/08/2021 17h01min - Geral
10 meses atrás

Prefeitura prepara campanha de conscientização “Naviraí Sem Cinzas”

Gerência de Meio Ambiente, Polícia Militar Ambiental, Corpo de Bombeiros e demais órgãos de salvamento e segurança pública estão sendo envolvidos na campanha

TCHÊ PRODUÇÕES.  ► Comandante da PMA de Naviraí, Tenente Frais: “Estamos intensificando as fiscalizações. A multa para quem ateia fogo em quintais, terrenos baldios e no campo pode chegar a cinco mil reais”.

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


A Prefeitura de Naviraí, através da Gerência Municipal de Meio Ambiente (Gema) está elaborando a campanha de conscientização e prevenção à incêndios nas zonas urbana e rural do município. “Naviraí Sem Cinzas é o nome desta campanha que estamos desenvolvendo e lançaremos o mais breve possível”, informa o gerente de Meio Ambiente Luiz Alberto Ávila da Silva Júnior.

 

Já estão mobilizados o 6º Subgrupamento de Bombeiros Militar Independente de Naviraí, sob o comando do Major Kleber Barbosa Arantes, a Polícia Militar Ambiental (2º Pelotão – 5ª Companhia), sob o comando do Tenente Ismael Carlos Frais Júnior e o Governo de Naviraí, com o envolvimento da equipe da Gerência de Meio Ambiente.

 

A meta é conscientizar as pessoas de que a prática de colocar fogo em vegetações, seja no campo ou em terrenos baldios na cidade é nociva, pois, traz inúmeros malefícios para a população em geral. Dentre elas, doenças respiratórias, riscos de mortes a pequenos animais que saem de seus habitats naturais fugindo do fogo, dentre outros prejuízos.

 

“Estamos imbuídos nas ações de prevenção e combate aos incêndios, sobretudo, os florestais. Nossas ações visam mitigar os danos causados pelo fogo, por isso, convocamos a população a participar desta campanha contra todo o tipo de incêndio”, recomenda o Major Kleber. 

Parte da população ainda tem a cultura de fazer o uso do fogo para queimada de folhas nos fundos de quintais ou para a limpeza de terrenos. Essas queimadas têm trazido prejuízos tanto para a saúde como para o meio ambiente.

 

“A Polícia Militar Ambiental têm intensificado a fiscalização. Os infratores podem ser responsabilizados na parte cível, criminalmente e administrativamente. Todos podem colaborar não fazendo queimadas e evitando multas que chegam a R$ 5 mil”, alerta o Comandante Frais.

Preocupado com a baixa umidade do ar, a confirmação do aumento de chamadas por causa de incêndios, e para fazer o enfrentamento desta situação é que o Governo de Naviraí está propondo a campanha “Naviraí Sem Cinzas”.

 

“Porém, somente com o apoio de toda a sociedade é que conseguiremos atingir o objetivo de evitar as queimadas que tanta poluição ambiental e prejuízos têm trazido para todos. Por isso, convocamos o apoio da população em geral neste campanha, Diga Não às Queimadas – Naviraí Sem Cinzas”, argumenta Luiz Alberto Ávila da Silva Júnior.

 

ASCOM