22/02/2017 14h23min - Polícia
6 anos atrás

Preso mais um homem por participação no atentado contra agente aqui em Naviraí

atentado contra agente

divulgação ► Renato Augusto é acusado pela tentativa contra um agente aqui em Naviraí

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: A Gazeta News


A Polícia Civil de Naviraí, através dos investigadores do SIG em diligências pela cidade prenderam Renato Augusto Souza Almeida, de 24 anos vulgo “XT”, que possuía um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça local. Segundo a Polícia, XT é investigado por fazer parte da organização criminosa denominada PCC (Primeiro Comando da Capital) e por ser um dos que estiveram presente na reunião que decidiu o ataque ao agente penitenciário de Naviraí, que foi baleado na manhã de 31 de agosto de 2016. Quatro homens em duas motos chegaram atirando contra o agente penitenciário no momento em que ele deixava um dos seus filhos em uma creche da cidade. O agente penitenciário foi atingido por vários tiros. Ele foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhado para a Santa Casa de Naviraí de onde foi transferido para um hospital da cidade de Dourados, aonde ficou internado por 42 dias. No mesmo dia em que aconteceu o crime, em uma ação conjunta desenvolvida entre à Polícia Civil, Militar e Federal, resultou na prisão de Edson dos Santos Bonfim, de 22 anos, e Lucas Silva Pimentel, de 20 anos, os quais confessaram que eram eles que estavam pilotando as motos para os atiradores. As investigações prosseguiram e foi descoberto que, dias antes do atentado praticado contra o agente penitenciário, havia sido realizada uma reunião na casa de um dos membros da facção identificado como Cláudio Peralta Bernal, vulgo “Peralta” de 26 anos, para tratar de como seria realizado o crime. Diante da identificação das pessoas que participaram desta reunião, foi pedida a prisão preventiva das mesmas. No total, já foram 14 pessoas presas e um adolescente infrator apreendido. Os presos são: Cláudio Peralta Bernal, vulgo “Peralta” de 26 anos, Fabiano Nere Santana, vulgo “Pit Bull”, de 25 anos, Cleberton Franco da Silva, vulgo “Barcelona”, de 29 anos, Edson dos Santos Bonfim, de 22 anos, Lucas da Silva Pimentel vulgo “Monstrinho” de 20 anos, Lukas Matheus Maciel, vulgo “Babilônia” de 19 anos. Ainda Emanoel Henrique Look de Souza, vulgo “Sombra”, de 19 anos, Jeferson Xavier Pereira, vulgo “JP” de 20 anos, Lucas Alison da Silva, vulgo “Vovózona”, de 23 anos, Julio Cesar de Souza Rocha, vulgo “Paraguai” de 24 anos, Lucas Lima Ditadi, vulgo “Macarrão” de 20 anos, Claudemir da Silva Espíndola, vulgo “Gonha” de 35 anos, Emerson Benhur dos Santos Souza, de 25 anos e prenderam Renato Augusto Souza Almeida, de 24 anos vulgo “XT”. Segundo a Polícia todos os presos são integrantes do PCC e são acusados de serem autores ou participantes do crime hediondo de homicídio tentado contra o agente penitenciário. folhadenavirai