21/07/2014 22h33min - Geral
9 anos atrás

Puccinelli entrega 130 km de asfalto recuperado na região do Cone Sul

Asfalto na região do Cone Sul

Divulgação ► André com prefeitos e autoridades da região estiveram nesta segunda em Tacurú

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Tacuru (MS) – O governador André Puccinelli entregou nesta segunda-feira (21) um total de quase 130 quilômetros de restauração asfáltica em duas rodovias da região do Cone Sul e fronteira. Na MS-295, do trecho que vai do entroncamento da MS-160 a Tacuru, passando por Iguatemi e chegando a Eldorado, foram 82,7 quilômetros de recuperação de pavimento. Na MS-160, acesso aos municípios de Tacuru e ligação a Sete Quedas, foram mais 47,2 quilômetros de restauração. Os empreendimentos integram o pacote de obras de infraestrutura do MS Forte 2 e representaram investimento próprio no montante de R$ 44,7 milhões. “O asfalto nas rodovias pavimentadas do Cone Sul estava extremamente desgastado. Entregamos hoje as primeiras restaurações e ainda vamos entregar mais”, afirmou André, destacando o trecho ainda em obras na ligação Iguatemi-Amambai. “Essa foi a maneira encontrada de fazermos uma gestão municipalista para todas as cidades. Nós, do Governo, somando os recursos com os municípios, conseguimos fazer muito mais coisas”, completou. Na MS-295, os 82.740 metros receberam recuperação completa nas faixas de rolamento e obras complementares de segurança. Os mesmos cuidados foram dados à MS-160, com melhorias completas na faixa para tráfego e área de segurança. Salto de qualidade e oportunidade Prefeitos e representantes do setor produtivo dos municípios prestigiaram as inaugurações, destacando o salto de qualidade na infraestrutura e as oportunidades que a melhoria viária já está trazendo. Em Iguatemi, onde a MS-295 é uma rodovia essencial para o trânsito das riquezas geradas pela pecuária e, mais recentemente, também pelo crescimento da agricultura e a chegada de muitas cooperativas, produtores rurais contabilizam os ganhos com a melhoria da infraestrutura. “O asfalto aqui tinha uma espessura muito fina, então quando vinha uma chuva grande danificava demais. Em 20 anos, nunca vi ter uma recuperação assim”, afirma o presidente do Sindicato Rural, Hilário Parisi. Ele enumera as transformações dos dois cenários, antes e após o investimento: “O tempo que se gastava para ir daqui para Campo Grande, Amambai ou outros municípios era muito grande. Com muitos buracos, acontecia muito de estourar pneus de caminhões, e à noite, muita gente deixava de usar esse caminho (preferindo a BR-163). Agora está mais tranquilo e mais seguro”, afirma. Prefeitos da região dizem que a recuperação das estradas, aliada a novas pavimentações que estão ocorrendo em toda essa parte do estado – com a da MS-180 e da rodovia Sul Fronteira – favorecem a ação de atrair empresas para se instalarem e gerarem empregos nesses municípios. “Ajudada demais a nossa região. Nos ajuda a fazer um Cone Sul mais fortalecido”, resume a prefeita Marta Maria, de Eldorado. O prefeito de Tacuru, Paulo Pedro Rodrigues, vai mais longe e afirma que a população também se orgulha quanto o local onde vive ganha essas melhorias. “O governo deixou o sul-mato-grossense orgulhoso de poder se comparar às condições dos outros estados vizinhos”, disse. “Era um sonho da população dos nossos municípios e foi um compromisso do Governo”, afirmou o prefeito José Goulart, de Sete Quedas, sobre a reforma da MS-160. “E para as indústrias que estão se instalando aqui foi um atrativo e tanto. Havia uma grande demanda por isso”, revela. Durante as inaugurações, o governador André Puccinelli afirmou que no fim de outubro vai ainda licitar obras de novas pavimentações para as quais já existem recursos garantidos e projetos elaborados. São em torno de cinco empreendimentos de trechos curtos, entre 5 km e 19 km de extensão. “Vamos licitar fora do período eleitoral, assim não haverá qualquer problema, e vamos executar ainda dentro do nosso governo”, informou Puccinelli.