05/05/2014 10h41min - Política
9 anos atrás

Reinaldo Azambuja rejeita 'aliança branca' com PT e negocia terceira via ao governo

Fim do Amor

Mídia Max ► Fim do amor entre PT e PSDB, Azambuja nega "Aliança Branca"

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Midiamax News


O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) descartou, nesta segunda-feira (5), a possibilidade de uma aliança informal com o PT e reafirmou que poderá ser candidato a governador. “É impossível. Não vai ter aliança branca. Vamos tentar construir uma candidatura própria. Tem um monte de partidos que pode construir a candidatura majoritária e ser essa terceira via”, afirmou. Reinaldo contou que vai conversar ainda hoje com o presidenciável Aécio Neves sobre essa possibilidade de disputar o governo. “Eu irei conversar com o Aécio sobre isso. Se nós sentirmos que tem espaço para os partidos, vamos colocar nosso nome à disposição”, disse. “Não vou fugir de discutir o Estado”, acrescentou. O tucano contou que já tem conversado com partidos como PPS, DEM, PSB, PDT, PR e Solidariedade. Ele pondera, no entanto, que ainda poderá abrir mão de disputar o governo para algum aliado, em uma terceira via às candidaturas de PT e PMDB em Mato Grosso do Sul. Caso ele resolva disputar o governo, o anúncio oficial só será feito após o encerramento do Pensando MS, em Campo Grande. O evento deverá acontecer ainda neste mês, mas ainda não tem data marcada. A intenção é encerrar o projeto com a presença de Aécio Neves. O presidenciável já havia declarado a intenção de vir a Mato Grosso do Sul. Reinaldo Azambuja e o senador Delcídio do Amaral, pré-candidato do PT a governador, discutiram durante meses a possibilidade de uma coligação entre as duas siglas. A aliança, no entanto, enfrentou resistências nos dois partidos e a coligação formal acabou descartada. Caso a coligação fosse possível, o deputado tucano seria candidato a senador.