25/05/2016 14h11min - Geral
6 anos atrás

Santa Casa confirma mais uma morte de paciente com H1N1

Este é o 23º óbito por gripe no Estado

Reprodução Facebook ► Santa Casa confirma mais uma morte de paciente com H1N1

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


A assessoria de comunicação da Santa Casa de Misericórdia de Campo Grande confirma mais uma morte por H1N1. Este é o sétimo caso de óbito pela doença na Capital, o que eleva para 22 o número de mortes provocados pelo vírus em Mato Grosso do Sul. Marlene Hashimoto, de 59 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (25). Ela deu entrada no hospital no último dia 17 com síndrome respiratória grave e não resistiu. A paciente sofria de insuficiência renal crônica e tinha diabetes. Não h?a informações se familiares e outras pessoas próximas da vítima apresentam sintoma da doença. De acordo com a assessoria de comunicação do hospital, três pacientes com H1N1 permanecem internados na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e outros 17 sob suspeita aguardam o resultado dos exames, o que inclui uma menina de 8 anos. Até o momento foram 26 notificações de suspeitas da doença e seis casos foram descartados. Nessa quarta-feira a assessoria de comunicação da SES (Secretaria de Estado de Saúde) confirmou mais duas mortes por H1N1. Até o momento são sete mortes em Campo Grande, quatro em Naviraí, duas em Três Lagoas e Aquidauana, uma em Jardim, Caarapó, Corumbá, Coxim, Juti, Maracaju e São Gabriel do Oeste. Além de uma morte por influenza B registrada na Capital. O novos casos de morte por H1N1 evem ser inseridos no próximo boletim epidemiológico, que será divulgado pela SES nesta ainda hoje. Midiamax