05/10/2016 14h24min - Política
6 anos atrás

Temer promete a Reinaldo analisar socorro financeiro aos Estados

Reinaldo reforçou o pedido de socorro financeiro às unidades da federação.

Marcos Corrêa) ► Temer, ao centro, ao lado de Reinaldo e outras autoridades, na tarde desta terça, em Brasília

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), participou de encontro na tarde desta terça-feira (4) com o presidente da República, Michel Temer (PMDB), e outros 20 governadores de estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, em Brasília (DF). Na reunião, Reinaldo reforçou o pedido de socorro financeiro às unidades da federação, renegociação de dívidas e compensação de perdas com a antiga Lei Kandir. A audiência com Temer não estava agendada, mas ainda assim os governadores foram atendidos pelo presidente, que retornava de viagem ao Paraguai, segundo divulgou o governo estadual, já na noite desta terça. Para defender sua posição, Reinaldo argumentou que estados do Sul e Sudeste foram beneficiados com acordos de renegociação, mesmo eles representando a maior parte da dívida. “Entendemos que temos esse direito, porque a renegociação da dívida com Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul atendeu o pedido deles. Foi solicitado também o pedido de reforço financeiro de R$ 7 bilhões, união está dialogando e levantou hipótese de empréstimos. Paralelo a isso, discutimos também repatriação de perdas”, diz Reinaldo. Azambuja comenta que a renegociação com os três estados do Sudeste e o Rio Grande do Sul representa 87% da dívida e deixou de fora 23 estados. “Estamos buscando o diálogo com o presidente Michel Temer e não concordamos que 23 estados, que representam 13% da dívida com a União fiquem de fora. Queremos o mesmo tratamento”. NaviraíNotícias