07/08/2016 17h50min - Geral
6 anos atrás

Zelmo Brida volta a desistir pela segunda vez e desarticula aliados aqui em Naviraí

Zelmo Brida

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Segunda e definitiva desistência de Zelmo deixou surpresos partidos que estavam compondo a denominada Frente de Mobilização Suprapartidária. Atitude movimenta a conjuntura atual da política de Naviraí. Nos três últimos dias o ex-prefeito de Naviraí, Zelmo de Brida (PMDB), movimentou os bastidores da política naviraiense deixando os aliados em situação inusitada na reta final de definição dos candidatos a prefeito. Depois de articular e conseguir juntar 14 siglas partidárias, Zelmo – que tem o nome da lista divulgada de ex-gestores que tiveram as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-MS) – desistiu na quarta-feira, 03 de agosto, de prosseguir no projeto de retornar à prefeitura de Naviraí. No entanto, 24 horas depois, após ser convencido pelos presidentes dos diretórios municipais que até então o apoiariam, Zelmo convocou uma entrevista coletiva em frente ao edifício onde reside no centro de Naviraí par reafirmar que continuava pré-candidato e que publicamente não havia afirmado que desistira da pré-candidatura, chegando inclusive a posar para fotos ao lado de seus “aliados”. O terceiro e último capítulo da novela “A Pré-candidatura de Zelmo com apoio da Frente de Mobilização Suprapartidária”, chegou ao fim na sexta-feira, 05 de agosto, último dia para a realização das convenções que definiu candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores. Com a decisão, a tarde e início da noite foi de corre-corre de muitos ex-aliados saíram em busca de “abrigo” para a disputa das Eleições Municipais de 02 de outubro. No “QG” que havia sido montado para Zelmo e seus aliados, na Associação Comercial e Empresarial de Naviraí, o que se viu neste início de noite foi reunião a portas fechadas para definir, especialmente, que destino tomariam: PMDB (cujo presidente do Diretório Municipal é Ronaldo Botelho), PSL (do vice-prefeito Jair Alves) e PRB (do vereador Josias de Carvalho). Com a saída de Zelmo, o PMDB deixou livre seus pré-candidatos a apoiarem qualquer candidato a prefeito. Folha de Naviraí